0

Gente, olha que delícia!

Anúncios
0

O calor

Essa palavra, calor, sempre nos remeteu à aconchego, humanidade, vida. Mas ultimamente, vamos combinar que ele, o calor, metereologicamente falando, vem dando medo. Hoje foi um dia (domingo) abrazador, para dizer o mínimo. Aí a gente escuta esses papos de aquecimento global, 2012, fim do mundo, e dá um pânico… Gente, eu detesto o cordão dos pessimistas do fim dos tempos, mesmo porque eu não acho que as coisas vão acontecer assim. Mas está mesmo dando medo como a gente sente calor agora e como não era assim no passado. Nós, com mais de 30, sabemos muito bem que está diferente. Pelo amor de Deus, como é que faz para essa gente se tocar? Quantos ovos a gente tem que fritar no asfalto pra provar que a coisa tá feia? Bem. Mesmo assim, o Sol, Astro Rei, não tem culpa disso. Por isso vou postar uma música em homenagem à ele, que acaba sendo amaldiçoado nesse processo, e no entanto, nada mais é do que vida. A gente precisa dele. Assim como precisa deter, urgentemente tudo que está provocando o aquecimento global. Beijos e boa semana.

Quando o sol bater na janela do teu quarto

0

E 2009, foi!

Não foi um ano ruim. Pelo contrário. Não tenho o que reclamar desse ano. Fora os problemas de saúde habituais, que até melhoraram, foi um ano bem positivo. Gostei. Me reencontrei com as coisas que gosto de fazer, consegui preparar o terreno para voltar a produzir na vida, e isso eu vinha esperando há muito tempo. Não estou indo para o mercado de trabalho, nem voltando para a rua, como frequentava antes, mas isso não quer dizer que eu vá ficar paralisada como antes.

Não digo que passo o dia produzindo como uma workaholic. Mas as coisas vêm mudando e melhorando num ritmo bem legal. Faço pouco por dia, mas faço. Trabalho no meu marketing, faço meu planejamento, estudo bastante (adoro né?) e vou construindo meu futuro novamente, de onde parei. Na verdade, hoje vejo que nunca parei totalmente e que nada foi em vão. Tudo que eu fiz, vi e vivi nesse tempo vai servir para construir uma coisa só, minha nova carreira. Paralela ou não, minha carreira de designer de moda é uma realidade e eu gosto muito de como ela vem se apresentando. Afinal, já vem me fazendo bem. Só não tenho ainda todas as peças do quebra-cabeças montada, mas isso ainda seria muito de se pedir. Estou em tratamento e esse também vem evoluindo bem. Estou frequentando uma psicóloga ótima e sinto que a gente vem fazendo progressos lentos e importantes. E é bom que sejam lentos, senão não seriam verdadeiros. Seriam devaneios e eu tenho que tomar cuidado com eles.

Bom, mas o ano de 2010 está começando e minhas resoluções são:

– firmar a Nani-Mix como uma marca de acessórios
– emagrecer 10 quilos
– deixar os cabelos crescerem e encaracolarem (só até a metade do pescoço)
– melhorar mais, ao ponto de manter uma medicação que me permita produzir ainda mais
– fazer meu curso de corte e costura
– continuar com a terapia
– dar entrada na minha casa (resolução é resolução)
– dar uma turbinada (de leve) na minha vida social
– me afastar de gente negativa
– atrair mais gente positiva
– … (espaço pra alguma coisa que estou esquecendo)

E que venha 2010 em toda sua glória!!!!!