0

Coincidência

Ele saiu do bar correndo. Estava mais do que atrasado para chegar em casa e ainda tinha que pensar na enésima desculpa para dar à esposa. As crianças tinham ido dormir na casa dos avós porque ela ia sair com umas amigas, mas com certeza já estaria em casa esperando furiosa. Ela frequentemente saía à tarde, enquanto as crianças estavam na escola. Mas quando ele chegava em casa estava tudo sempre prontinho esperando sua chegada do trabalho. Naquele dia, saiu apenas para beber uns poucos drinks com os amigos. Mas de repente, do nada, aparece aquela morena maravilhosa que dá o maior mole. Não teve outro jeito: passaram a noite toda se agarrando no cantinho do bar.

Nenhum táxi àquela hora da madrugada. Começou a se dirigir ao ponto de ônibus quando finalmente veio um táxi e ele praticamente se jogou pela janela. – Travessa 23, Parque Azul, disse para o motorista, falando entre os dentes. O motorista riu. Ele percebeu, mas estava tão ocupado tentando pensar na desculpa que ia dar para a esposa que resolveu ignorar. Vou dizer que veio um cara de outra filial e pegava mal não ir junto com a galera, pensou. Não, vou dizer que a filha do chefe vai casar e ele quis reunir o pessoal do escritório para comemorar. Mas já era tão tarde que a bronca era certa.

Continuava conjeturando quando o taxista riu de novo, repetindo:
– Parque Azul?
– Sim senhor.
– Travessa 23?
– Sim senhor, porque a graça?
– É que mais cedo eu peguei uma moça numa boate de strip e a deixei nesse mesmo endereço. Ela ainda estava usando seu “uniforme” de dançarina e trocou de roupa aí atrás mesmo. Ficou tão sem graça quando me viu olhando que me contou que ia fazer um atendimento em casa. Quem diria que eu mesmo iria pegar o cliente no meu táxi. Que coincidência, não é moço. Esse mundo é muito louco.

Anúncios
1

Ensaio sobre a cegueira

Acabo de assistir à essa obra de arte do José Saramago, traduzida em filme pela mente invejável do Fernando Meirelles, que só me enche de orgulho. O filme é ESPETACULAR! É fantástico imaginar quão frágil o ser humano é e com quanta rapidez os instintos mais primários podem nos transformar em animais indefesos, terríveis, maravilhosos, heróicos, podres, primitivos e grandes de alma. Como você pode perceber, tudo é uma grande contradição, pois o filme é tão rico que permite uma grande gama de interpretações e observações de detalhes a cada vez que se muda o prisma de nossa lente, assim como a do Fernando. Não posso falar muito. Poderia me estender a noite toda, mas não quero estragar o impacto que o filme irá provocar em cada um (assista por favor). De qualquer forma, passarei a acompanhar o andamento de alguns sites que admiro, aos quais vcs poderão ter acesso também. Um deles é sobre o filme (em inglês, blindness). Só uma dica: não deixe de assistir ao extra UMA VISÃO SOBRE A CEGUEIRA, que é o making off do filme, onde você poderá fechar algumas lacunas que possam ter ficado. Além disso, nesse extra, tem a reação, digna de nota, do Sr. José Saramago quando acabou de assistiur ao filme, ao lado de Fernando. Emocionante é pouco.
1

Você sabe o que é Twitter?

Estava lendo a última Galileu e me interessei por uma matéria que fala sobre 100 idéias que mudarão o mundo. Como uma delas prevê o fim dos blogs, com sua substituição pelo Twitter, sobre o qual eu não tinha ouvido falar ainda, pesquisei e descobri esse texto na wikipédia:

Twitter é uma rede social e servidor para microblogging que permite que os usuários enviem atualizações pessoais contendo apenas texto em menos de 140 caracteres via SMS, e-mail, site oficial ou programa especializado. Foi fundado em março de 2006 pela Obvious Corp. Em São Fracisco.
As atualizações são exibidas no perfil do usuário em tempo real e também enviadas a outros usuários que tenham assinado para recebê-las. Usuários podem receber atualizações de um perfil através do site oficial ou por RSS, SMS ou programa especializado.
Devido ao sucesso do Twitter, um grande número de sites parecidos foram lançados ao redor do mundo. Alguns oferecem o serviço para um país específico, outros unem outras funções, como compartilhamento de arquivos que era oferecido pelo Pownce.
Espécie de voyerismo social, baseado no pressuposto de que “seguir” alguém não é crime. Engenharia social, que resulta de maneira diversa para os diversos intervenientes. Variante do fenómeno big brother.

Também encontrei um site brasileiro que explica bem mais o que é. Dá uma olhada no http://www.twitterbrasil.org/ . Tem até um dicionários de termos utilizados e dicas de etiqueta e formas ideais de utilização. O site oficial é o http://www.twitter.com/ . Se tiver curiosidade passa lá, mas enquanto o google não compra (como se especula poraí), ainda está tudo em inglês.
0

Por falar em palhaço e coringa

Meus amigos Ailton e Marcos deixaram comentários no post sobre a entrevista com o palhaço e ambos parecem ter reservas quanto à observação sobre palhaçada. Gostaria que voltassem e colocassem sua opinião completa para darmos continuidade ao debate. Vamos agitar esse espaço, p… Vocês ainda não perceberam que eu pretendo ficar rica e famosa através desse blog? Que palhaçada é essa de deixar comentários pela metade? Não gostou, mete a boca (como dizem os paulistas).
0

Nunca te vi…sempre te amei!

Quero mandar um beijo e um abraço bem carinhoso para meu querido Heath pelo Oscar que ganhou. Na verdade, não sei se ele valoriza essas coisas lá onde está. Ou mesmo se algum dia já valorizou. Mas seu trabaho era maravilhoso aqui nesse planeta. O Coringa, que desbancou o do Jack Nicholson, foi só uma “palhinha” do que viria por aí. Mas ele teve que ir. Como alguém cujo ônibus pára no ponto, o motorista com a porta aberta, esperando, e, mesmo sem vontade de encerrar a conversa, você tem que deixar ir embora. A gente se vê por aí? Talvez numa outra encarnação, quando formos gatos (citando o personagem de Penélope Cruz no filme Vanilla Sky).