Definições interessantes

Assistia ao programa da Patrícia Travassos na GNT, o Alternativa Saúde, e naquele dia estava sendo exibida uma matéria sobre a terapêutica do riso. Patrícia entrevistava um palhaço (artista) que deu umas definições muito interressantes sobre humor, comédia e palhaçada. Eu não lembro suas exatas palavras, mas vou tentar explicar, colocando algumas de minhas impressões sobre o tema:
Segundo ele, o humor está na cabeça, exige inteligência, elaboração e costuma ser bem sutil. Ainda segundo o palhaço, até o tipo de riso causado é peculiar, pois demanda também inteligência da platéia, para captar a essência da mensagem. Já a comédia provoca uma reação nas entranhas e muitas vezes a pessoa chega a segurar a região da barriga de tanto rir. A comédia é engraçada e costuma provocar gargalhadas pois é uma coisa mais extrovertida, escancarada. É algo que geralmente é feito por quem já tem um dom, pois existe um timing que precisa ser respeitado, e apenas pessoas com talento possuem este timing. É um momento certo de calar ou falar, de fazer determinadas expressões e olhares.

Então ele falou sobre a palhaçada. Ele disse que se concentra na região do coração, visto que mesmo engraçado o palhaço geralmente é uma figura que provoca emoções fortes, às vezes alternadamente contraditórias. Eu achei muito interessante porque há mesmo algo de muito sensível e terno no palhaço, que costuma causar uma empatia imediata na platéia. O primeiro exemplo que veio à minha cabeça foi Charles Chaplin e seu inesquecível Carlitos. Ele não é um palhaço convencional com nariz vermelho e roupas coloridas, mas sua capacidade de nos fazer rir do miserável vagabundo, sempre lutando contra a fome, o preconceito e a humilhação, era genial. Essa entrevista me tocou de forma especial pois só então refleti sobre a grande responsabilidade do palhaço. Sua platéia composta em sua maioria por crianças, geralmente também está cheia de adultos, e mesmo assim, ele agrada a todos, pois sua graça sai de seu coração, atingindo diretamente os demais corações.

Não somos capazes de mudar mentes apenas com a nossa inteligência ou cultura para fazer humor. Podemos até influenciar algumas vidas, mais a mudança só cabe a cada um. Não temos todos o timing dos comediantes, visto que, na minha opinião, este é um dom que apenas algumas pessoas têm. Na comédia, há coisas muito engraçadas, que provocam uma forte reação, mas não têm longa duração e não são tão marcantes porque as entranhas estão sempre absorvendo e a seguir expelindo, literalmente, as coisas.

Mas o que toca o coração, isso nunca se esquece. A emoção é um sentimento poderoso. Aquilo que nos emociona nos transforma, mesmo que imperceptivelmente. A emoção vivida e marcada na alma sempre volta. A qualquer momento um cheiro, uma luz, uma sombra, um sabor ou um olhar podem nos trazer de volta aquele momento tatuado no coração. Os humoristas e comediantes são fundamentais em nossa vida tão sofrida. Esquecer os problemas por alguns momentos e sentir-se feliz é impagável.
Porém, o sorriso do palhaço, seu olhar de ternura e seu generoso esforço de nos fazer felizes, mesmo que para isso seja preciso chorar e até mesmo humilhar-se… isso permanece. Isso nunca se esquece!
Anúncios

2 comentários sobre “Definições interessantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s