Pode me chamar de revoltada! É verdade e ela sempre liberta.

Meu amor!
Me fala a verdade, você se inspirou em mim, né? Nossa, caiu como um tijolo… Lindo mesmo!!!! Fico muito feliz em te ver assim, escrevendo, botando pra fora… Essa é a minha tão amada Lu! Parabéns pela sua inteligência!

Beijão, Nando.
2 de Março de 2008

Meu amigo fez esse comentário sobre o texto Tire suas botas daqui.É Nando, todo mundo já deve ter topado com algum ou alguns filhos da puta da vida, que tinham interesse em não sei o quê ou achavam que a gente era não sei quem. Primeiro promete, jura um monte de besteiras, depois diz que a gente entendeu errado, mudou ou simplesmente perdeu a graça. Ora, será que esse tal filho da puta não mudou também? Será que a gente não teve que engolir cobras e elefantes por causa desse imbecil? Será que nada disso é lembrado na famosa hora do pé na bunda?
Na hora da conquista não!!!! Ah, nessa hora nós somos todos perfeitos e eles dizem o que querem, sem medo do que vão provocar na nossa cabeça, na nossa vida. Aliás, tem uma cena do filme 21 gramas do Guillermo Arriaga em que a mulher pergunta porque o personagem do Sean Penn a está tratando tão bem e sempre procurando estar perto dela e ele responde: “Porque eu gosto de você”. Nesse momento ela começa a chorar, com raiva, e eu senti a mesma raiva que ela, a indignação estampada no rosto dela. Então ela disse: “Não fale isso para qualquer um. Não fale que gosta da pessoa se você não a conhece e não sabe o que está passando. Principalmente se isso não for verdade. (algo assim)” Acontece que a mulher tinha acabado de perder o marido e a filha num acidente, estava super fragilizada, carente e com o coração aos pedaços. Aí vem um, repito, filho da puta do nada e diz pra mulher que gosta dela. Aí eu te pergunto, ela pediu pra ele dizer isso? Ela pediu para ele gostar dela? Ela pediu ALGUMA COISA a ele? Até parece que certas pessoas encontraram a gente no meio da rua, jogados, mendigando amor, com uma plaquinha e um prato na mão. Já fiz muito isso. Faço mais não…
Então, muito cuidado galera, porque às vezes há pessoas que não sabem o que falar, que não têm conteúdo, que são imaturas, que não se conhecem, que estão se lixando se você vai se iludir e depois sofrer ou já estão super acostumadas a usar os velhos clichês, acabam falando o que não devem e entram no nosso coração com bota e tudo. Depois dizem, com a maior cara de pau do mundo: esfriou, você mudou, conheci outra pessoa. Porra!!!!! Você me amava ontem, cara!!!!!!!!!! Você disse que ia me amar pra sempre e você disse isso semana passada, cara!!!!!!!!!!
Falta às pessoas ler novamente o Pequeno Príncipe, para relembrarem que tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas… Sejamos, pelo menos, responsáveis, para não sairmos por aí cometendo injustiças com pessoas que só esperavam, no mínimo, duas coisas de nós: amor e respeito!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s